Categoria Outro

Componentes bióticos e abióticos do ecossistema
Outro

Componentes bióticos e abióticos do ecossistema

Ecossistema: existência de componentes bióticos e abióticos Introdução Os ecossistemas são caracterizados pela existência de diversos fatores que se relacionam. Estes fatores ou componentes são divididos em bióticos e abióticos. Componentes bióticos São todos os seres vivos que atuam num determinado ecossistema como, por exemplo, os animais e vegetais.

Leia Mais

Outro

Ervas

Ervas: muito úteis na culinária e na medicina Introdução As ervas são encontradas na natureza em grande variedade. Com vasta possibilidade de utilização, elas são muito úteis na culinária, no uso medicinal e também em outros campos. Características principais e aplicações Suas folhas verdes são frequentemente utilizadas na culinária, mas suas raízes, flores, sementes, caules e algumas outras partes, são de bastante utilizadas pela medicina complementar por suas características medicinais.
Leia Mais
Outro

Cica

Cica: planta ornamental muito utilizada em jardins Principais características da planta: - É um arbusto semilenhoso. - Seu tamanho fica entre 1,8 metros e 3 metros de altura. - A cica é uma planta de crescimento demorado. Ambiente adequado para plantio: - Pleno sol e também em meia-sombra. Multiplicação - Germinação dos frutos redondos que nascem nas cicas femininas, que podem ser semeados.
Leia Mais
Outro

Livros de Fisiologia

Indicação bibliográfica para o estudo de Fisiologia Indicação de livros de Fisiologia (bibliografia): Fisiologia Essencial Autor: Abramov, Dimitri; Mourão Júnior, Carlos Alberto Editora: GUANABARA KOOGAN Fisiologia Vegetal Autor: Taiz, Lincoln; Zeiger, Eduardo Editora: ARTMED Fisiologia Animal : Adaptação e Meio Ambiente Autor: Schmidt-nielsen, Knut Editora: SANTOS Fisiologia Vegetal Autor: Kerbauy, Gilberto Barbante Editora: GUANABARA KOOGAN Princípios de Fisiologia Animal Autor: Moyes, Christopher D.
Leia Mais
Outro

Celulose

Celulose (imagem ampliada em microscópio) O que é (definição) A celulose é um polímero de "cadeia longa" que é composto por um único monômero, carboidratado (hidratado de carbono), classificado como polissacarídeo. Ela é o componente estrutural primário das plantas e não é digerível pelo homem. Principais características da celulose Antes de darmos continuidade no assunto celulose, seria interessante sabermos um pouquinho sobre polímeros, monômeros e polissacarídeos.
Leia Mais
Outro

Anatomia Vegetal

Anatomia Vegetal: estudo das estruturas das plantas O que é (definição) A Anatomia Vegetal é uma área da Botânica destinada ao estudo das estruturas vegetais. Muitas vezes, visualizamos apenas as partes aéreas das plantas (folhas, flores, galhos e tronco). Porém, muitas das estruturas ficam abaixo da terra, não podendo ser vistas.
Leia Mais
Outro

Hormônios Vegetais

Hormônios Vegetais: múltiplas funções nas plantas O que são Os hormônios vegetais, também conhecidos como fitormônios, são compostos orgânicos produzidos pelas plantas e desempenham funções fundamentais no seu crescimento e desenvolvimento. Esses hormônios estão presentes em pequenas quantidades e são produzidos nos tecidos vegetais.
Leia Mais
Outro

Livros de Anatomia Vegetal

Indicação bibliográfica para o estudo de Anatomia Vegetal Bibliografia (indicação de livros de Anatomia Vegetal): Fisiologia Vegetal Autor: Sampaio, Elvira Editora: UEPG Anatomia Vegetal (Partes 1 e 2) Autor: Cuter, Elizabeth G. Editora: Roca Guia Ilustrado de Anatomia Vegetal Autor: Boeger, Maria Regina Editora: Holos Anatomia Vegetal Autor: Esau, Katherine Editora: Ômega Espanha Morfologia Anatomia Vegetal Autor: Souza, Luiz Antônio Editora: Livraria da Física Morfologia e Anatomia Vegetal - técnicas e práticas Autor: Souza, Luiz Antônio Editora: UEPG Biologia Vegetal Autor: Eichhorn, Susan E.
Leia Mais
Outro

Exemplos de Plantas Angiospermas

Agapanto e Acanto-Grego: exemplos de angiospermas Introdução (o que são) Angiospermas são plantas que produzem frutos, cuja principal função é proteger as sementes. A maioria das plantas no mundo é angiosperma (existem entre 250 mil e 300 mil espécies). Elas podem ser monocotiledôneas ou dicotiledôneas.
Leia Mais
Outro

Mitocôndria

Mitocôndria: geração de energia para as células Introdução Toda a atividade celular requer energia, é através da mitocôndria que esta energia necessária às atividades das células será gerada. Como funciona a mitocôndria Para obter energia, a célula obrigatoriamente precisa de glicose. A mitocôndria tem a função de quebrar a glicose introduzindo oxigênio no carbono, o que resta é o gás carbônico, que sairá através da expiração.
Leia Mais
Outro

Organelas da Célula Vegetal e suas funções

Imagem ilustrativa das organelas de uma célula vegetal Introdução A célula vegetal é possui em seu interior várias organelas. Cada uma destas organelas pode executar uma ou mais funções, sendo todas elas de fundamental importância para o funcionamento celular. Organelas da célula vegetal e suas funções - Retículo Endoplasmático Liso e Rugoso - ampliar a superfície interna da célula; favorecer a troca de substâncias entre a parte interna e externa da célula; favorecer a circulação dentro da célula; armazenar substâncias retiradas do hialoplasma e síntese de lipídios.
Leia Mais
Outro

Meiose - Dupla Divisão Celular

Fases da meiose Introdução Ao contrário do que ocorre na mitose (onde há a divisão de apenas uma célula), na meiose duas células dividem-se ao mesmo tempo. Como ocorre (resumo) As fases deste processo (prófase, metáfase, anáfase, telófase, interfase) ocorrem da mesma forma que na mitose; só que, neste caso, em dobro, pois aqui teremos duas células passando pelo mesmo processo simultaneamente.
Leia Mais
Outro

Transporte Passivo - Difusão e Osmose

Osmose ocorrendo em uma célula O que é (definição) O transporte passivo é o transporte que ocorre entre duas soluções com concentrações de solutos diferentes, que tem por objetivo igualar as concentrações, tornando-as isotônicas. Este processo ocorre sem o gasto de energia. Ele se divide em dois tipos: difusão e osmose.
Leia Mais
Outro

Osteoporose - Ossos porosos

Osso normal (a esquerda) e com osteoporose (a direita) O que é A osteoporose é uma doença que diminui a massa óssea a tal ponto que os ossos passam a fraturar-se espontaneamente em atividades comuns do cotidiano, como, por exemplo, o ato de sentar-se com rapidez, que pode levar a uma fratura no quadril.
Leia Mais
Outro

Alergias

Teste de alergia O que é alergia A alergia é uma resposta exagerada do sistema imunológico. Sabe-se que a cada novo contato com o agente desencadeador, ela ocorrerá mais rapidamente e se manifestará de forma mais agressiva. Processo alérgico Antes de entendermos como ocorre o processo alérgico, é interessante entendermos que a imunoglobulina é uma proteína de grande importância ao organismo humano, pois é ela que inicia o processo de defesa contra a invasão de microorganismos e infecções.
Leia Mais
Outro

Granulócitos

Neutrófilo: tipo de granulócito que atua na fagocitose O que são (definição) Os leucócitos (glóbulos brancos) são as células de defesa do nosso organismo, que estão presentes no sangue. Os granulócitos são um tipo de leucócito, cuja principal característica é a presença de grânulos em seu citoplasma.
Leia Mais
Outro

Pinocitose

Célula realizando pinocitose Introdução (o que é e significado) Pinocitose é um processo pelo qual uma célula ingere macromoléculas diluídas em água. Geralmente, estas macromoléculas são proteínas ou polissacarídeos. Este processo ocorre em diversos tipos de células e funciona como um sistema complementar de alimentação celular.
Leia Mais
Outro

Leishmaniose

Protozoário Leishmania: causador da doença Causa da doença A leishmaniose é uma doença não contagiosa causada por parasitas ( protozoário Leishmania) que invadem e se reproduzem dentro das células que fazem parte do sistema imunológico (macrófagos) da pessoa infectada. Manifestação e características Esta doença pode se manifestar de duas formas: leishmaniose tegumentar ou cutânea e a leishmaniose visceral ou calazar.
Leia Mais
Outro

Sarna

Sarcoptes scabiei: parasita causador da sarna (imagem de microscópio) O que é A sarna, também conhecida como escabiose, é uma infecção cutânea produzida por um parasita que escava túneis sob as camadas mais superficiais da pele, provocando irritação com seus dejetos. Estes ácaros são transmitidos através do contato com pessoas infectadas.
Leia Mais
Outro

Poluição do Solo

Poluição do solo provocada por rede de esgoto sem tratamento Introdução A poluição do solo ocorre pela contaminação deste através de substâncias capazes de provocar alterações significativas em sua estrutura natural. Principais causas e consequências Substâncias como lixo, esgoto, agrotóxicos e outros tipos de poluentes produzidos pela ação do homem, provocam sérios efeitos no meio ambiente.
Leia Mais
Outro

Reciclagem do Lixo

Símbolo da reciclagem Introdução - definição O termo reciclar significa transformar objetos materiais usados (ou lixo material) em novos produtos para o consumo. Esta necessidade foi despertada pelas pessoas comuns e governantes, a partir do momento em que se observou os benefícios que a reciclagem apresenta para o nosso planeta.
Leia Mais