Categoria Opcional

Tegumento Humano
Opcional

Tegumento Humano

Pele: principal componente do tegumento humano O que é O tegumento é a parte externa do corpo dos seres humanos. Componentes do tegumento humano: - Pele - Pelos e cabelos - Glândulas sebáceas - Glândulas ceruminosas - Glândulas sudoríparas - Unhas Funções do tegumento humano - Atua na proteção do corpo humano contra fatores externos (raios ultravioletas, microrganismos, impactos, etc.

Leia Mais

Opcional

Reino Vegetal

Reino Vegetal: também conhecido como Plantae Introdução (o que é) O Reino Vegetal, conhecido cientificamente como Plantae, é formado por aproximadamente 300.000 espécies conhecidas, sendo que, entre elas, encontram-se muitos tipos de ervas, árvores, arbustos, plantas microscópicas, etc. Composição Os organismos que compõem este reino são em sua grande maioria autotróficos, ou seja, seres cuja organização celular conta com os cloroplastos (organelas especializadas na produção de matéria orgânica a partir de matéria inorgânica, incluindo a energia solar).
Leia Mais
Opcional

Tipos de Vegetação

Plantas aquáticas: hidrófitas Introdução Podemos classificar a vegetação de uma floresta ou mata de acordo com dois critérios principais: a umidade presente e os tipos de folhas. Tipos de vegetação de acordo com a presença de umidade: - Hidrófitas : vegetação presente, principalmente, em rios e lagos.
Leia Mais
Opcional

Grupos de Plantas

Plantas: presença de dois grupos principais Introdução Embora todas pertençam ao Reino Plantae, as plantas podem ser divididas em grupos e subgrupos de acordo com determinadas características (específicas) que diferenciam umas das outras. De acordo com a visibilidade das estruturas produtoras de gametas, as plantas podem ser divididas em: criptógamas e fanerógamas.
Leia Mais
Opcional

Polinização

Polinização: importante na reprodução das plantas O que é Polinização é o transporte de grãos de pólen de uma flor para outra, ou para o seu próprio estigma. É através deste processo que as flores se reproduzem. Transporte do pólen A transferência de pólen pode ocorrer de duas maneiras: através do auxílio de seres vivos (abelhas, borboletas, besouros, morcegos, aves, etc.
Leia Mais
Opcional

Gimnospermas

Coníferas: exemplo de gimnospermas O que são As gimnospermas são plantas vasculares e espermatófitas, que produzem sementes. O que são As gimnospermas são plantas vasculares e espermatófitas, que produzem sementes. Principais características das plantas gimnospermas: - As sementes não são formadas em um ovário fechado.
Leia Mais
Opcional

Sistema Urinário

Sistema Urinário: várias funções Composição (órgãos) O sistema urinário é composto por dois rins, dois ureteres, uma bexiga urinária e uma uretra. Além de eliminar substâncias desnecessárias e prejudiciais (como resíduos metabólicos das células, toxinas, etc.), este sistema realiza também outras funções muito importantes para o nosso organismo.
Leia Mais
Opcional

Reino Protista

Paramecium aurelia: protozoário ciliado do Reino Protista Introdução (o que é) O Reino Protista engloba uma grande variedade de organismos unicelulares (com uma única célula) e algumas formas simples de organismos multinucleares (com vários núcleos) e multicelulares (com várias células). Características principais do Reino Protista Fazem parte também do reino protista alguns organismos eucariontes, estes seres possuem núcleo envolto por membrana celular, DNA associado a histonas (principais proteínas que compõe a cromatina e que desempenham um importante papel na regulação dos genes) e organelas como, por exemplo, as mitocôndrias e os cloroplastos.
Leia Mais
Opcional

Tipos de Raízes das Plantas

Raízes tabulares de uma figueira Introdução Cada planta apresenta um tipo específico de adaptação às condições do sistema ecológico em que vive. As raízes, por exemplo, possuem adaptações especiais para que a planta possa se desenvolver adequadamente. Tipos de raízes (adaptações radiculares): Raízes tabulares Possuem duas funções importantes na planta: ajudam na fixação ao solo, além de atuarem como raízes respiratórias.
Leia Mais
Opcional

Orquídeas

Orquídea: flor exótica e bela Introdução (o que são) As orquídeas são plantas e flores da família das orquidáceas da ordem das microspermas. São típicas de regiões de clima tropical, embora possam ser encontradas em todos os continentes, exceto na Antártida. O Brasil, por exemplo, é um país em que encontramos grande quantidade e variedade de orquídeas.
Leia Mais
Opcional

Leucócitos

Linfócito: tipo de leucócito com núcleo esférico O que são Leucócitos - definição Os leucócitos, também conhecidos como glóbulos brancos, são células presentes no sangue e produzidas na medula óssea e no tecido linfático. São chamados de glóbulos brancos, pois, ao contrário das hemácias (glóbulos vermelhos), não possuem pigmentos.
Leia Mais
Opcional

História da Citologia

Hooke: pioneiro nos estudos de Citologia Introdução A Citologia é uma das áreas da Biologia que mais tempo demorou para se desenvolver. Isto ocorreu, pois as células não são visíveis a olho nu, sendo assim, esta ciência dependia do desenvolvimento de um instrumento capaz de aumentar e possibilitar a visualização das células.
Leia Mais
Opcional

Depressão

Depressão: uma doença que pode ter várias causas Introdução - o que é Sabe-se que a depressão é uma doença que se caracteriza por alterações no humor e pela perda de prazer em atividades antes prazerosas. Conhecendo a depressão: principais características Diferentemente do estado de tristeza (comum a todos em determinados momentos da vida), a depressão é um problema de origem neurológica que apresenta, além de tristeza profunda, uma série de outros sintomas.
Leia Mais
Opcional

Diabetes

Injeção de insulina O que é Diabetes é uma doença do metabolismo, ou seja, ela surge por uma falha de nosso organismo. Deficiência na produção de insulina Nesta enfermidade, o pâncreas, órgão responsável pela produção de insulina (hormônio que permite entrada de glicose nas células), apresenta produção insuficiente, ou, nenhuma, deste hormônio.
Leia Mais
Opcional

Osmose na célula vegetal

Osmose na Célula Vegetal: vital para a existência da planta. Introdução Todas as células são revestidas por uma membrana. Uma característica dessa membrana que confere a capacidade de manter a célula viva é a seletividade. A membrana celular, inclusive das células vegetais, é semipermeável. Ela é atravessada por moléculas de água.
Leia Mais
Opcional

Citoquímica

Citoquímica: estudo da composição química das células O que é - definição A Citoquímica é um ramo da Biologia Celular (Citologia) que enfoca o estudo da composição química das células e seus processos biológicos moleculares. Utiliza análises químicas e quimiofísicas que possibilitam sua observação. A Citoquímica é considerada um elo de ligação entre a Bioquímica e a Morfologia.
Leia Mais
Opcional

Membrana Plasmática

Membrana Plasmática envolvendo as organelas O que é e funções De forma simples, podemos definir a membrana plasmática como envoltório celular. Este envoltório será o responsável pela forma da célula e pelas substâncias que entram e saem dela. Composição e outras características Sua composição química é lipoprotéica (gordura + proteína), porém, esta não se dá de forma homogênea.
Leia Mais
Opcional

Doenças causadas por Protozoários

Trypanosoma cruzi: protoário causador da doença de Chagas Introdução Muitos protozoários ao se instalarem no corpo humano podem provocar doenças. Estes protozoários podem penetrar no corpo humano de diversas maneiras como, por exemplo, cortes no corpo, picadas de insetos, alimentos contaminados, etc.
Leia Mais
Opcional

Gripe Aviária

Frangos: uma das aves que pode transmitir a doença O que é - definição A doença Gripe Aviária, também conhecida como Gripe do Frango, Gripe das Aves ou Gripe Asiática é uma moléstia típica das aves. Esta doença, em função de suas características, pode ser transmitida das aves para certas espécies de mamíferos como, por exemplo, o gato doméstico e até mesmo o ser humano.
Leia Mais
Opcional

Filariose

Filárias: vermes causadores da filariose Causa da doença A filariose, também conhecida como elefantíase, é uma doença causada por parasitas conhecidos como vermes nematóides (as filárias). O parasita causador desta doença é o Wuchereria bancrofti . Vetor Este tipo de microorganismo tem como vetor o mosquito Culex quiquefasciatus , popularmente conhecido como pernilongo ou muriçoca.
Leia Mais
Opcional

Pteridófitas

Samambaia: exemplo mais comum de pteridófita O que são As Pteridófitas são plantas vasculares que não possuem sementes. Características principais - Cormo composto por raiz, caule e folhas; - São traqueófitas, ou seja, possuem um sistema de condução que transporta a seiva das raízes até as folhas. Nestes dutos também são transportados alimentos para o restante do organismo; - Possuem folhas divididas em folíolos; - As folhas novas surgem enroladas; - A maior parte das espécies possui reprodução sexuada, porém, algumas podem se reproduzir de forma assexuada através de brotamento.
Leia Mais