Informação

Medula Espinal

Medula Espinal


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.


Medula espinal: localizada no interior das vértebras

O que é

O interior das vértebras (algumas delas) contém uma massa nervosa, dividida em duas regiões: cinzenta e branca.

Dá-se o nome de medula espinal ao conjunto de neurônios que compõe estas massas, e que têm distintas funções, as quais serão conhecidas a seguir.

Trata-se de uma estrutura que mede 45 cm, e inicia-se no forame magno, prolongando-se a L1 (primeira vertebral lombar).

Regiões da medula espinal:

É composta, como já comentado anteriormente, por duas regiões:

- Substância branca: divide-se em funículos, e contêm axônios.

- Substância cinzenta: abriga os núcleos neuronais, que estão organizados conforme suas funções (sensitivos e motores).

Divisões anatômicas

Os principais “segmentos” e divisões presentes são:

- Fissura mediana anterior: divide os funículos anteriores;

- Sulco mediano posterior: divide os funículos posteriores;

- Comissura cinzenta: anterior e posterior ao canal central;

- Canal central: é onde há o líquido cefalorraquidiano;

- Cornos: anterior, posterior e central; cada um com fibras nervosas distintas.

Características principais

A coluna vertebral, que inclusive, contém a medula espinal, é revestida por 3 meninges - estruturas com função de estabilizar e proteger a medula e todos os nervos envolvidos. São elas: dura-máter, pia-máter e aracnoide.

Existem também, espessamentos da medula em algumas regiões, que são as chamadas intumescências. Elas contêm interneurônios, com a função de transmitir sinais sensoriais e coordenar os neurônios motores. São duas: intumescência cervical e lombar.

Pares de nervos espinais

Existem 31 nervos espinais, correspondendo a 31 segmentos da medula. São eles:

- Oito cervicais;

- Doze torácicos;

- Cinco lombares;

- Cinco sacrais;

- Um correspondente ao cóccix.

Funções

A medula espinal abriga diversas estruturas nervosas, e por isso, tem funções como:

- Transmissão e processamento de informações sensoriais dos membros e tronco.

- Envolvimento na transmissão e regulação de sinais de vísceras.

- Controle dos movimentos do corpo, através dos circuitos com os músculos.

Curiosidades

- Lesões medulares podem tanto resultar em perda de movimentos, como também de sensibilidade. Em alguns casos, pode-se ter reversão do quadro com o passar do tempo.

- Mesmo após seu término, a medula continua como filamento terminal, após da L1.

- O arco reflexo trata-se de um circuito nervoso, o qual não necessita que as informações sejam processadas no encéfalo. Um neurônio sensitivo é ativado, há sinapse na medula, e eferência de neurônio motor, responsável pela resposta.

- Existe uma série de outros reflexos, que envolvem distintos números de sinapse, e podem ser testados por meio do exame físico.

Última revisão: 17/12/2018

___________________________________
Por Elaine Barbosa de Souza
Graduanda em Ciências Biológicas pela Universidade Metodista de São Paulo.


Video: Anatomia da Medula Espinal: Substância branca e cinzenta - Sistema Nervoso - VideoAula 091 (Outubro 2022).