Em formação

Ajude a identificar este vertabrae encontrado na praia da Costa Rica

Ajude a identificar este vertabrae encontrado na praia da Costa Rica


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Eu estava andando na praia de tamarindo na Costa Rica hoje e me deparei com uma seção realmente GRANDE de vertabrae… eu comparei com um crocodilo um tubarão, baleias, um cavalo, uma vaca, uma cobra até… alguma ideia? Naturalmente não tem outra peça além dos dois ossos do transgressor ... Estou perplexo ... juntei-me apenas para perguntar isso ... e também acho que encontrei pegadas na lava imortalizada ... na mesma área ontem ... isso é um post diferente do vídeo ... Eu encontrei as pegadas na lava yest ... e voltei hoje para ver se eu conseguia encontrá-las novamente ... Eu não ... mas encontrei isso ... Nota: eu encontrei outro vertabrae a cerca de 1/5 de seu tamanho a cerca de 15 pés de distância ... não tenho certeza se é o mesmo animal

Qualquer suposição?


Restos humanos encontrados na selva da Costa Rica podem pertencer a Cody Dial, revela seu pai

“É com profunda tristeza e emoções incrivelmente misturadas que posso dizer que os restos mortais de meu filho provavelmente foram encontrados”, seu pai, o famoso explorador Roman Dial, disse exclusivamente à People.

Na quinta-feira, apenas três dias antes da estreia do National Geographic Channel & # x2019s nova série de crimes reais, Falta discagem, Roman e Peggy Dial foram informados de que as autoridades encontraram restos humanos na selva da Costa Rica, perto de onde acreditam que seu filho de 27 anos, Cody, desapareceu em 2014.

Agora eles podem finalmente obter as respostas sobre o misterioso desaparecimento de seu filho & # x2019 que eles esperaram por todo esse tempo & # x2013 respostas que nunca esperaram ouvir.

& # x201É com profunda tristeza e emoções incrivelmente misturadas que posso dizer que os restos mortais de meu filho provavelmente foram encontrados & # x201D Roman diz exclusivamente à PEOPLE. & # x201CI Estou a caminho da Costa Rica, onde Peggy se juntará a mim em breve para identificar o que parece ser o corpo de Cody. O FBI e o OIJ estão continuando suas investigações, embora nenhuma prisão tenha sido feita neste momento. & # X201D

The National Geographic Channel & # x2019s New True-Crime Series, Falta discagem, que é dirigido e produzido executivo por Aengus James, detalha a busca exaustiva do Dial & # x2019 pelo filho que eles tanto amam, depois que ele desapareceu na Costa Rica & # x2019s exuberante, mas traiçoeiro Parque Nacional do Corcovado.

A série de documentários em seis partes, que estreia no domingo às 10 / 9c, narra seu desespero por não saber o que aconteceu com Cody e as chocantes descobertas que eles fazem ao longo do caminho.

& # x201CRoman e Peggy concordaram em nos permitir filmar sua busca por seu filho na esperança de que ajudasse a obter respostas, & # x201D James disse à PEOPLE. & # x201CIt & # x2019s algo que & # x2019 esperávamos, mas também temíamos. Houve tantas voltas e reviravoltas com esta investigação que eu & # x2019m apenas esperando a confirmação antes de tirar qualquer conclusão. & # X201D

A National Geographic, acrescenta ele, & # x201C está ajudando a fazer justiça ao filho do explorador da National Geographic, Roman Dial, e sua esposa, Peggy. Seu compromisso com Roman e Peggy em fazer com que sua história fosse contada tem sido constante durante todo o tempo. & # X201D

Os Dials souberam pela primeira vez que restos humanos foram encontrados no parque nacional na quinta-feira. & # x201CMas só hoje eles descobriram que provavelmente era Cody, & # x201D diz James.

A polícia disse ao The Tico Times na Costa Rica que é & # x201Cmuito provável & # x201D que os restos mortais pertençam a Cody, embora as autoridades ainda não o tenham confirmado.

O diretor da Polícia de Investigação Judicial, o OIJ, disse que guardas do parque nacional e residentes locais notificaram a polícia na manhã de sexta-feira que restos humanos foram encontrados dentro da vasta reserva, de acordo com o Times.

Os restos mortais foram encontrados fora das áreas onde as autoridades da Cruz Vermelha e da Costa Rica haviam procurado por Cody, informou o Times.

Tênis, equipamento de camping e outros itens foram encontrados perto dos restos mortais. O diretor do OIJ disse que esses itens correspondem às descrições que os pais de Cody e # x2019 deram à polícia. O diretor disse que não poderia comentar sobre a causa da morte até que os especialistas forenses analisassem os restos mortais, de acordo com o Times.

Eu sinto falta do meu filho

Em 10 de julho de 2014, Cody, um experiente homem ao ar livre, partiu em uma caminhada solo pela selva no extenso parque. Um dia antes de partir, ele enviou um e-mail para seus pais de um cibercafé, brincando que, como ele faria uma caminhada entre a trilha principal do parque e o litoral, isso, & # x201Deve ser difícil se perder para sempre. & # x201D

Essa foi a última vez que Roman e Peggy tiveram notícias de seu filho novamente.

& # x201CHe está em nossas mentes 24 horas por dia & # x201D diz Peggy. & # x201Ca única vez que obtemos algum alívio é quando estamos dormindo. & # x201D

Cody, cujos pais o chamam de Roman, tinha as habilidades e o conhecimento para caminhar sozinho pela densa floresta tropical. Quando adolescente, ele visitou a selva da Costa Rica com seu pai, um famoso explorador da National Geographic e aventureiro que ensinou a seu filho tudo o que sabia sobre alpinismo, rafting e habilidades de sobrevivência. Cody cresceu aprendendo a navegar no deserto do Alasca com seu pai, que o levou em muitas de suas explorações, incluindo Bornéu e Austrália.

Em outubro de 2013, Cody fez uma pausa no curso de mestrado em Ciências Ambientais na Alaska Pacific University para viajar. Ele começou em janeiro de 2014 no México com sua namorada e mais tarde seu pai se juntou a ele. Em fevereiro de 2014, ele partiu sozinho para um tour pela América Central & # x2013, incluindo o parque.

Embora os turistas sejam obrigados a contratar um guia de acordo com as leis da Costa Rica, Cody optou por não usar um e decidiu caminhar pelas trilhas permitidas.

Cody sempre mandava e-mails para seus pais, contando para onde estava viajando, caso algo acontecesse com ele. Quando os Dials não ouviram nada de seu filho por dez dias depois que ele lhes enviou um e-mail sobre sua jornada de cinco dias na selva, eles sabiam que algo estava errado.

& # x201CI sentiu-se nauseado e meio tonto, & # x201D Roman diz. & # x201CI estava em choque emocional, tipo, & # x2018Oh, não. Oh meu Deus. Isso é ruim porque não importa o que & # x2019s tenha acontecido, se ele estiver dez dias atrasado, & # x2019s não é bom. & # X201D

Em 23 de julho de 2014, Roman, 55 anos, é Ph.D. em ciências biológicas em Stanford e leciona matemática e biologia na Alaska Pacific University, disse que ele e Peggy, 54, professora do ensino fundamental, relataram o desaparecimento de seu filho. No dia seguinte, ele estava em um avião para a Costa Rica em uma missão para encontrar Cody.

& # x201CI tinha muita angústia emocional e dor, mas canalizei isso para o que tinha que fazer. Eu tive que ir lá embaixo. & # X201D

& # x2022 Quer ficar por dentro das últimas notícias sobre crimes? Clique aqui para obter as últimas notícias sobre o crime, a cobertura do julgamento em andamento e detalhes de casos intrigantes não resolvidos no True Crime Newsletter.

Quando Roman chegou à Costa Rica, o governo e a Cruz Vermelha já estavam procurando por Cody, mas não queriam que ele ajudasse, diz ele. & # x201Eles estavam fazendo um ótimo trabalho, mas eu queria fazer uma pesquisa mais focada na área, & # x201D, diz ele. & # x201CI queria verificar as áreas onde disse que estaria. Eles me proibiram de ir para a selva porque estavam preocupados com meu estado emocional. Mas eu não poderia ficar sentado à margem. & # X201D

Especialmente porque ele não estava recebendo nenhuma resposta. & # x201A narrativa oficial era, & # x2018Seu filho foi para a selva sem guia e provavelmente foi mordido por uma cobra, & apos & # x201D diz James, que passou mais de sete meses com Roman enquanto procurava por Cody.

Após a extensa pesquisa de Roman & # x2019, diz James, & # x201Che ficou com a convicção real de que seu filho não morreu nas mãos da selva. Ele pensou: & # x2018Há um jogo sujo aqui. & Apos & # x201D

Quando o governo da Costa Rica e a Cruz Vermelha pararam de procurar Cody no início de agosto, Roman pressionou para obter permissão oficial para procurar seu filho. Roman e Peggy continuaram a vasculhar a área enquanto pediam ajuda à embaixada dos Estados Unidos na Costa Rica, obtendo poucas respostas.

Implacáveis, eles começaram uma nova busca em julho de 2015, desta vez com a ajuda de Carson Ulrich, um ex-agente especial da DEA e Ken Fournier, um Jumper de Pararescue da Força Aérea aposentado & # x2013 e uma equipe de documentários.

& # x201CI esperava que detetives particulares e a presença de uma equipe de filmagem acrescentassem urgência e ímpeto à busca, & # x201D diz Roman. & # x201CI estava certo. Em uma semana, recebemos uma falha significativa no caso. & # X201D

A série segue Roman e Peggy por mais de sete meses enquanto eles navegam pela selva em terrenos acidentados, em busca de seu filho, que eles inicialmente pensaram que poderia ter se machucado ao cair em um desfiladeiro ou ser mordido por uma cobra.

Mas à medida que suas viagens se desenrolam, eles começam a suspeitar que algo muito mais sinistro aconteceu com Cody & # x2013, incluindo a possibilidade de que ele foi sequestrado ou assassinado.

& # x201CSó queremos respostas para nossas perguntas sobre o que aconteceu com nosso filho, & # x201D diz Roman. & # x201CI vou para a cama pensando e acordo pensando. & # x201D

Na quinta-feira, Roman e Peggy se encontraram pela primeira vez com o FBI, que agora se juntou à investigação de pessoas desaparecidas.

& # x201CNós & # x2019 agradecemos toda a ajuda que recebemos das autoridades da Costa Rica, da embaixada e do FBI. Sei que este é um dos muitos casos em que eles precisam trabalhar, mas sinto que tenho que fazer algo a respeito, porque ele é meu filho. & # X201D

Na manhã de sexta-feira, ele disse à People que ele e sua esposa ainda têm esperança de que seu filho esteja vivo. & # x201Parece improvável, mas coisas estranhas podem acontecer. Nunca se sabe.


Pássaros perdidos e encontrados na Costa Rica

Observar pássaros nele & # 8217s mais básico é apenas observar pássaros, prestando atenção às formas de vida que têm penas, a maioria delas também capaz de voar. Olhe pela janela para os pardais, pombas, e ouso dizer grackles e, quer você queira admitir ou não, você está observando um pouco os pássaros. Pegue aviões para a Malásia para pesquisar as florestas de Taman Negara por faisões-pavão e outras espécies de outro mundo e você também estará observando pássaros. Há mais esforço envolvido (junto com lixiviação, lama e suor abundante), mas ele ainda está observando pássaros. Eu gosto de observar pássaros de qualquer maneira, acompanhando casualmente as vocalizações enquanto faço uma caminhada matinal sem ótica, ou enquanto procuro espécies-alvo com foco intenso.

De qualquer forma, enquanto eu estiver observando pássaros, tudo estará bem no capô dos pássaros. Na semana passada, eu estava participando do último tipo de observação de pássaros, aquele em que o foco está nas espécies-alvo. Foi bom, tive a chance de passar alguns dias observando pássaros com Carlos Sanchez de Miami, famoso por observar pássaros e guia para Jornadas Naturalistas, enquanto procurávamos por algumas espécies da encosta do Caribe. O esforço me lembrou que, mesmo quando você sabe onde tem as melhores chances de encontrar certos pássaros, alguns serão encontrados e outros permanecerão no reino dos pássaros perdidos. É uma questão de probabilidade, onde menos tempo disponível limita suas chances, especialmente quando se procura se conectar com skulkers da floresta de baixa densidade. É por isso que deixamos de ouvir ou ver Ocellated Antbird e o clima mais parecido com um novembro nas montanhas escocesas nos impediu de nos conectar com os pássaros noturnos em Irazu. Talvez eles estivessem temporariamente congelados? Sei que estava sentindo aquela sensação lenta e estável de hipotermia.

Mas chega de falar sobre erros porque nos conectamos com uma boa porcentagem dos alvos, a maioria dos quais também eram espécies bastante desafiadoras. Estas são algumas das aves que entraram na categoria & # 8220found & # 8221:

Pinnated Bittern& # 8211 A observação de pássaros no final da tarde em Medio Queso nos deu alguns destes. Um dos pontos mais confiáveis ​​para o Botaurus Neotropical, os melhores horários para olhar são de manhã cedo e ao final da tarde. Na viagem, também recebemos outro alvo, Nicaraguan Seed-Finch.

Isso costumava ser conhecido como Tentilhão-de-semente de bico-de-rosa até que alguém deve ter apontado que, na verdade, o bico não parece tão rosa assim & # 8230

Estávamos em Medio Queso porque estávamos hospedados em Los Chiles para passar a noite no Cabinas Felicia com preços baixos, mas confortáveis ​​o suficiente e muito amigáveis. Felicia é mesmo a dona e é super simpática. O único inconveniente era a falta de água quente saindo do chuveiro de água quente. Aposto que ela teria consertado, mas ficamos lá apenas por uma noite. Ah, e nós também estávamos lá em Los Chiles para fazer um passeio de barco na manhã seguinte em Cano Negro.

Esta acabou por ser uma excelente forma de encontrar vários pássaros perdidos. Graças ao conhecimento local do guia de barco Chambito, conseguimos todos os nossos alvos principais. Estes incluíam o pequeno pássaro cor de palha com os dedões do pé, o único Crake de peito amarelo,

e o formigueiro skulky com a cabeça semi-careca conhecido como o Formigueiro-de-coroa-nua. O mais breve dos olhares sobre aquele, mas nós compensamos com melhores vistas de bino em Arenal. Como um meio-termo, tínhamos looks perfeitos para os igualmente skulky Carriça canavial.

Mais adiante, Chambito nos levou direto ao único local naquele momento por Grackle da Nicarágua. Em vez das ruas da cidade, esses pássaros exigentes preferem andar com ungulados nos pântanos.

Snowy Cotinga também foi um dos nossos alvos. Em Sarapiqui, tinha frequentado aquele lugar esquivo onde voam pássaros perdidos mas Cano Negro deu-nos mais uma oportunidade e graças a Chambito, sim, juntou-se ao crescente grupo de pássaros encontrados! Vimos três ou quatro indivíduos, incluindo uma mulher. Como é típico desta espécie surreal, a borboleta machos voou entre as copas de algumas árvores e empoleirou-se no alto para que pudéssemos nos maravilhar com sua estranha forma de pomba-frutífera e sua plumagem branca e brilhante. Eu os vi em várias ocasiões, mas alguns pássaros você nunca se cansa de ver. Para alguns pássaros, cada avistamento é como aquela primeira vez emocionante. É assim com Snowy Cotinga, veja aquela pseudo pseudo pomba da paz em vôo e você não pode negar a maravilha final dela. É como se tudo o mais simplesmente parasse, ou você se sentiria hipnotizado por este pássaro de cauda curta branca brilhante batendo asas em um céu azul tropical.

Esses foram os principais alvos em Cano Negro, mas como um bônus, Chambito até nos arranjou um poleiro Pacific Screech-Owl no final do passeio!

De volta a Sarapiqui e Virgen del Socorro, embora a cotinga estivesse perdida, encontramos alguns outros alvos, incluindo o superminúsculo Pygmy-Tyrant e Tody-Flycatcher de cabeça preta. Esses papa-moscas não são tão raros, eles simplesmente se perdem porque se disfarçam de insetos. Falando em fingir ser algo que você não é, também temos o Tiranuleto de sobrancelha ruiva.

Não é a melhor das fotos, mas olhe de perto e você verá uma sobrancelha avermelhada. Basicamente, se você vir uma possível toutinegra que realmente não é uma na Virgen del Socorro, provavelmente terá encontrado este Phylloscartes local.

Outros pássaros alvo encontrados incluíram um visto Tinamou de peito largo que assobiava do subsolo denso no coração da reserva de Tirimbina, Grandes Araras Verdes e Beija-flor de peito azul perto de La Selva, Tanager de cor lisa, Antvireo estriado, e, bem nos alimentadores do café Colibri, Quail-Dove-de-testa-palha! Nós também ficamos em Sarapiqui para tentar outras aves perdidas em El Tapir e Quebrada Gonzalez.

O melhor achado foi um prêmio Trogon de cauda treliça em El Tapir, embora fosse igualmente bom ser recebido por Coquete de crista negra e Boné para neve logo após nossa chegada, e para obter vistas de Emerald Tanager logo depois disso. Quebrada estava muito quieta, sem bandos mistos reais, mas tivemos um avistamento verdadeiramente surpreendente. Embora não fosse um pássaro, vendo meu primeiro Bushmaster foi um momento memorável, de fato. Ambos tínhamos captado algum movimento à frente na trilha e, depois de olhá-la, percebemos que a coisa que estávamos vendo não era uma pomba-codorna ou um cuco, mas uma cobra. Achei que seria uma Boa, mas quase pulei das minhas botas quando percebi que estava olhando para um dos predadores de topo mais evasivos das florestas tropicais neotropicais. A pesada, metro mais cobra (pequena para um Bushmaster) nos deu um show enquanto lentamente, cuidadosamente, deixava a trilha. Parecia estar no rastro de algo e não demorou muito para se misturar com o lixo da floresta.

Não chegue muito perto deste!

Na área de Arenal, em Bogarin, o Crak UniformeNós pagamos, mas preferimos seu status perdido. Não é assim para uma bela Coruja listrada que apareceu em uma estrada ao norte da cidade. Na manhã seguinte, focamos nossa busca no Arenal Observatory Lodge e ainda assim não conseguimos nos conectar com o formigueiro que mais se parece com um morro do Himalaia. Mas, nós vimos outro Coquete de crista negra, teve um bom rebanho misto, olha de perto Formigueiro de manto opaco, e alguns outros birdies, dois dos quais não eram alvos, mas genuinamente perdidos. Bem, isso, ou eles estavam apenas fazendo uma patrulha aventureira para o resto de sua espécie. Essas duas espécies emocionantes para a Costa Rica foram Cape May Warbler e Cedar Waxwing. Ambos estavam nos alimentadores e se tornaram acréscimos de escolha à minha lista de anos da Costa Rica. Curiosamente, vimos outro Cedar Waxwing em Lands in Love mais tarde naquele dia.

Por falar em Lands in Love, fizemos uma parada bem-sucedida lá por Flycatcher de peito fulvo antes de voltar para o Vale Central e nosso frio pré-amanhecer em Irazu. Pouco depois, alguns outros pássaros perdidos apareceram para uma amiga minha, o melhor dos quais era um pássaro que parecia estar decidido a não se mostrar a ela. Como se estivesse participando de uma conspiração aviária, o Gaviões barrados aparentemente tinha decidido dar-lhe um ombro frio e evitá-la ou planejou com a chuva para ficar fora de vista. Eventualmente, a perseverança valeu a pena quando alguém se tornou diplomático e rompeu com suas fileiras conspiratórias para voar bem acima, ligando o tempo todo perto da Cachoeira Fortuna. Não mais perdido, o Falcão-barrado agora certamente exibirá para ela cada vez que pássaros onde ocorrem, porque, como todos sabemos, é exatamente isso que os antigos pássaros fantasmas gostam de fazer. Por falar em pássaros fantasmas, talvez este seja o ano em que farei as pazes com os Pato mascarado. Dito isso, não tenho certeza se posso prometer que não darei a mínima ao pato perdido. Vamos ver.


Costa Rica As Melhores Vistas

• O Cume do Vulcão Irazú (perto de San José): Em um dia muito claro, você pode ver o Oceano Pacífico e o Mar do Caribe deste ponto de vista. Mesmo se a visibilidade for baixa e esta experiência escapar de você, você pode ver a paisagem espetacular do vulcão & # 8217s, a Meseta Central e o Vale Orosi.

• Hotel Iguanazul (Playa Junquillal tel. 658-8124 www.iguanazul.com): Localizado em um penhasco alto acima de Playa Junquillal, este hotel tem uma vista maravilhosa do Pacífico e da costa ventosa em ambas as direções. Fica melhor na hora do pôr-do-sol e fica melhor ainda se você puder alugar uma das redes instaladas em um pequeno palapa na própria encosta.

• Tabacón Grand Spa Thermal Resort (próximo ao vulcão Arenal 877 / 277-8291 ou 460-2020 www.tabacon.com): o vulcão Arenal parece tão perto que você pode jurar que pode alcançá-lo e tocá-lo. Ao contrário do Vulcão Irazú, quando este vulcão faz barulho e vomita, você pode sentir o desejo de procurar abrigo. A maioria dos quartos tem vistas espetaculares de pátios ou sacadas privativas protegidas.

• Villa Caletas (Playa Hermosa de Jacó tel. 637-0505): Você & # 8217ll terá uma vista sobre o Golfo de Nicoya e o Oceano Pacífico além. Pôr do sol no anfiteatro ao ar livre do hotel e # 8217s são lendários, mas é lindo aqui durante o dia também.

• Hotel La Mariposa (Quepos tel. 800 / 549-0157 ou 777-0355 www.lamariposa.com): Este lugar tem sem dúvida a melhor vista de Manuel Antonio, e isso & # 8217s diz muito. Venha para o café da manhã ou uma bebida ao pôr do sol porque, infelizmente, não tive sorte com o jantar aqui.

• O Cume do Monte Chirripó (perto de San Isidro): O que mais se pode dizer? Com 3.724 m (12.215 pés), este é o ponto mais alto da Costa Rica. Em um dia claro, você pode ver o Oceano Pacífico e o Mar do Caribe daqui. Mesmo que não esteja claro, você pode ter algumas vistas e paisagens bastante surpreendentes.


Encontrado na Costa Rica em uma praia rochosa que é desconhecida para a maioria das pessoas. Vou postar o que acho que é isso nos comentários. Não sou um especialista, então todos podem estar errados (exceto o meio inferior, esses são definitivamente quartzo transparente!)

A obsidiana potencial é muito leve? Acho que se parece mais com carvão antracito. Praia incrível!

Canto superior direito parecendo um coração anatômico ♥ ️

É totalmente verdade! Obrigado por compartilhar essa perspectiva ❤️

Este é um lembrete para direcionar este post em r / whatsthisrock depois de ter sido identificado! (Abaixo da sua postagem, clique em & quotflair & quot e em & quotIDENTIFICADO & quot e digite o tipo de rocha ou nome do mineral). Isso ajudará outros a aprender e ajudar a acelerar uma identificação correta em sua solicitação!

Eu sou um bot e esta ação foi executada automaticamente. Por favor contate os moderadores deste subreddit se você tiver alguma dúvida ou preocupação.

O primeiro parece carvão antracito para mim, mas poderia ser obsidiana ou escória, ambos têm fraturas concoidais, mas se tiver bolhas ou furos, é escória de & # x27s.

2 parece uma ágata ou um pedaço de quartzo manchado com algas e ferro.

3 parece calcita ou quartzo dourado.

4 parece quartos claros, quartzo esfumaçado e amitista ou quartzo rosa (ou talvez vidro marinho, nunca se sabe)

E não tenho certeza sobre 5. Meu palpite seria algum tipo de jaspe ou possivelmente jade.

Eu concordo com você em todos os outros! mas para o nº 1, sinto fortemente que é obsidiana negra. Vou colar o que escrevi para a última pessoa que também pensou que pode ser carvão antracito:

“Não é muito leve. Tão pesado quanto qualquer outra pedra. É muito difícil. É brilhante, mas não tão brilhante quanto a outra obsidiana que encontrei na mesma área, mas parece que pode ter sido suavizada um pouco pelo oceano, pois eu a encontrei na areia da praia e todos os dias o oceano deixa novas pedras preciosas quando a maré está baixa. Aqui está o vídeo de quando eu encontrei obsidiana negra ou. ”

Relaxar. Respire fundo. Muitas suposições em seu tom sobre quem eu sou e quais são minhas intenções. Estou apenas compartilhando minhas descobertas e também tentando identificá-las por curiosidade.

Moro aqui e não pretendo vendê-los ou sair do país com eles. Além disso, é uma praia vazia onde ninguém frequenta ou sabe da existência de um ou dois pescadores que vejo talvez uma vez por semana. Eu sei porque venho aqui todos os dias durante a maré baixa e passo aproximadamente 2-3 horas todas as vezes, pois moro a poucos minutos a pé.

É tão vazio que eu até me senti confortável o suficiente para tirar minha blusa e dançar e cantar como um maníaco lol.

Outro ponto de vista é se eu deixasse todos esses cristais e rochas lindos e não os fotografasse, eles acabariam se transformando em areia da água agitada do oceano e ninguém poderia apreciar sua beleza. Então. De nada!


O sapo de vidro é talvez o mais fascinante de todos os anfíbios da Costa Rica. Algumas espécies diferentes vivem na Costa Rica, embora as rãs de vidro variem do sul do México ao norte da Argentina. Qualquer um que tenha a sorte de observar de perto um sapo de vidro ao longo dos riachos da planície, onde ele se esconde, poderá ver a característica distintiva que dá nome aos sapos de vidro. Sua pele verde-clara é translúcida e um observador pode realmente ver o fundo onde uma rã está parada através de seu corpo, junto com seus minúsculos órgãos. Essa qualidade notável torna o sapo especialmente bem camuflado e um dos personagens mais memoráveis ​​das florestas da Costa Rica.

Os anfíbios da Costa Rica raramente são vistos durante o dia, quando normalmente se escondem em bromélias no dossel, folhiço ou lagoas e riachos. É mais fácil encontrar anfíbios ouvindo-os à noite e seguindo suas músicas. Aqueles capazes de rastrear um sapo cantor podem se surpreender com o quão pequena e imperceptível a maioria dos sapos é, especialmente depois de contemplar o quanto suas melodias moldam nossa memória da noite na floresta tropical.


Tartaruga verde de Galápagos encontrada na praia da Costa Rica

Pesquisadores da Widecast Costa Rica descobriram uma tartaruga-verde fêmea do Pacífico Oriental, que foi marcada nas Ilhas Galápagos durante o estudo de coleta na quinta-feira, no Golfo Dulce, na Península de Osa. Amostras de sangue e tecido foram retiradas da tartaruga e, em seguida, a criatura marinha foi solta.

"Isso é muito emocionante para nós", disse Didiher Chacón, que é presidente da Widecast Costa Rica, uma organização de conservação das tartarugas marinhas. “Temos capturado tartarugas em média a cada duas horas na água e descobrimos o que consideramos ser um grande campo de alimentação no Golfo Dulce para as populações de tartarugas verdes.

É raro uma tartaruga verde fazer ninhos na área do GolfoDulce. As tartarugas que vêm para a Costa Rica fazem seus ninhos nas praias do Parque Nacional Santa Rosa, Nombre de Jesus e Punta Pargos em Guanacaste. Pesquisadores da Widecast agora acreditam que as tartarugas vêm de tão longe quanto Galápagos, na costa do Equador, para se alimentar no golfo.

Amostras de sangue das tartarugas da região darão ao Widecast uma ideia melhor da saúde do Golfo Dulce. Os níveis de pesticidas, esgoto e sedimentos detectados nas amostras irão determinar o possível efeito negativo das fazendas de palma e arroz na área.

A CNH Tours tem o prazer de ver os resultados dos esforços feitos para marcar tartarugas em Galápagos. Entre a Costa Rica e Galápagos (1.200 km, ou 750 milhas), há uma série de "montes marinhos" submersos que há muito tempo suspeitavam de guiar, de alguma forma, o movimento de animais marinhos, incluindo tubarões-martelo e peixes-bico. Esse tipo de pesquisa demonstra como é importante para a conservação da vida marinha de Galápagos estar em estreita coordenação com a Costa Rica, entre outros países.


Reservas de passeios

  • Reserve com operadores turísticos certificados
  • Solicite a política de cancelamento e a confirmação por escrito no momento da reserva dos passeios.
  • Desconfie de pessoas que vendem passeios na rua ou na praia, mesmo que seja mais barato. Eles podem não ser certificados, portanto, não terão seguro. Você não terá cobertura em caso de acidente.
  • Se você acha que a empresa de turismo com a qual fez a reserva foi irresponsável ou insegura, você pode denunciá-la para 50622995811 ou para o site do conselho de turismo Visit Costa Rica.

Costa Rica

Em 1502, quando Cristóvão Colombo desembarcou em Puerto Limon, menos de 20 tribos indígenas ocuparam as terras que hoje são a Costa Rica. As faixas douradas que os índios caribenhos da região usavam como brincos e argolas no nariz inspiraram a tripulação a nomear o país como Costa Rica, que significa Costa Rica. A chegada de Colombo acabou levando à erradicação dessas populações nativas, já que doenças exóticas e batalhas fatais cobraram seu preço.

Enquanto a colonização em grande escala era galopante em outros países da América Central, poucos colonos espanhóis reivindicaram terras na Costa Rica devido à falta de riqueza mineral (ouro e prata) e uma abundante população indígena para trabalhar a terra. As tentativas iniciais de colonizar áreas costeiras não tiveram sucesso devido ao calor extremo, selva densa e doenças como dengue e malária. Os colonos finalmente se estabeleceram nas terras altas centrais de Cartago, mais frias, em 1563. Como a maioria da população nativa havia morrido, os próprios colonos trabalharam na terra e se tornaram pequenos proprietários. Cartago permaneceu como capital da província da Espanha colonial por quase dois séculos e meio.

Independência

Em 1821, a Costa Rica e várias outras províncias da América Central declararam sua independência da Espanha. Juan Mora Fernandez, eleito o primeiro chefe de estado da nação em 1824, iniciou a construção de estradas e portos e estabeleceu um sistema judicial. Além disso, ele encorajou o cultivo de café ao fornecer terras gratuitas aos agricultores. O cultivo do café transformaria a Costa Rica no século XIX. Naquela época, apenas algumas famílias possuíam propriedades consideráveis. Conforme a Costa Rica começou a se desenvolver, essas poucas famílias ricas em terras logo se tornaram algumas das mais ricas do país.

Comércio de café

Para apoiar o comércio do café, um caminho de carro de boi foi construído desde o fértil Vale Central, onde a maior parte do café era cultivado, até a costa do Caribe para exportação direta para a Europa. Esse comércio acabou abrindo portas para influências europeias, pois médicos, artesãos e naturalistas da Europa imigraram para a Costa Rica na década de 1850. A capital San Jose se desenvolveu rapidamente e foi uma das três primeiras cidades do mundo a ter eletricidade.

Em 1871, escravos jamaicanos, servos contratados chineses e presidiários americanos foram trazidos para iniciar a construção da ferrovia. Isso foi significativo porque uniria o Vale Central, produtor de café, com o porto caribenho de Limon. A nova ferrovia ajudou a impulsionar a indústria do café e o aumento constante nas exportações de café resultou em uma classe alta rica e uma economia próspera da Costa Rica.

O século vinte

As primeiras eleições democráticas foram realizadas em 1889 e, com exceção de dois breves períodos de violência, democracia tem sido sinônimo de Costa Rica desde então.

Em 1917, Federico Tinoco derrubou o presidente eleito, Alfredo Gonzalez. A maioria dos costarriquenhos, assim como os Estados Unidos, se opôs à derrubada de Tinoco, e ele foi deposto em 1919.

Na difícil eleição presidencial de 1948, Rafael Calderón fraudulentamente reivindicou a vitória sobre Otilio Ulate. A disputa precipitou uma guerra civil de seis semanas, resultando em mais de 2.000 mortes. José Ferrer, partidário de Ulate, assumiu a presidência por 18 meses antes de passar para Ulate.

As reformas econômicas e sociais desde 1948 permitiram que o país permanecesse estável. Uma nova constituição foi adotada e as eleições desde então foram livres e justas.

Costa Rica Hoje

A Costa Rica ainda tem um grande setor agrícola, incluindo café, banana, abacaxi e exportações de açúcar. Nos últimos vinte anos, o ecoturismo e a tecnologia decolaram e se tornaram as indústrias mais lucrativas do país. Os costarriquenhos desfrutam de um alto padrão de vida e a propriedade de terras é generalizada. O país possui uma alta taxa de alfabetização, uma grande classe média e um governo estável que funcionou sem exército por mais de 60 anos.


Ajude a identificar este vertabrae encontrado na praia da Costa Rica - Biologia

Livros do Editor GGC, Bob Normand e outros

Mais livros de outros autores
(dos Grupos de Escritores QMA e CR)

Além de camisetas e canecas de café, tudo sobre a Costa Rica

Confira o último boletim informativo Golden Gringo Chronicle AQUI

O GGC Publications Group é o editor do Golden Gringo Chronicles.

Também oferecemos uma série de livros do editor-chefe do Chronicles, Bob Normand, e livros sugeridos abaixo por autores que são membros ou associados do Grupo de escritores de Quepos-Manuel Antonio. Incluídos no grupo de livros estão vários livros inspiradores focados em eventos de mudança de vida. Além dos livros, a oferta de produtos GGC abaixo também inclui itens de novidade, como camisetas e canecas de café Golden Gringo com os temas GGC e Costa Rica.

Seção I: Livros do GGC Publications Group

Todos os livros oferecidos abaixo estão disponíveis na Amazon.com
em cópia impressa e na versão Kindle.

Las Esferas, esferas misteriosas da Costa Rica

Brochura - 104 páginas $ 13,95
Pressione para pedir

Na década de 1930, a Companía Bananera, a Banana Company, um precursor de Chiquita, estava preparando um terreno para novo cultivo na região de Diquis, no sul da Costa Rica, quando desenterraram uma esfera de pedra de tamanho considerável. That incident began a series of similar discoveries that has, to the present, resulted in finding over three hundred of these extraordinary and unique spheres of stone.


From the moment they were first found, Costa Rica&rsquos stone spheres (Las Esferas in Spanish) have been a subject of speculation. Who formed them? When were they formed? How was it that many of them were nearly perfect spheres, a technical accomplishment far beyond pre-Colombian capability? How were these heavy rocks distributed about the countryside?


Many explanations proposed by knowledgeable people fall short of answering these mysteries, including a suggestion that space aliens helped the natives. Perhaps in the future we will find the answers to these mysteries, or, then again, maybe we won&rsquot. In the meantime the spheres remain a Costa Rican natural and historical treasure.


Las Esferas is the story of a fictional but typical regional tribe called the Kaberkirwaks who form from two migrant indigenous groups of Amerindians and settle in the Diquis region some five hundred years before the Spanish arrive in the new world. As part of their development, an early Cacique, or Chief, institutes a coming of age ceremony called a Vision Quest that includes an herb enhanced spiritual exercise. For over one hundred years, a period called the Golden Age of Spheres, this ceremony resulted in the accumulation of the spheres.

Also available in Kindle format.

Golden Gringo Chronicles - The Novel

The story of the Golden Gringo Chronicles is now available as a hard copy novel of 192 pages from Amazon and all major Online retailers ($9.95). Amazon link: GGC, the Book. Kindle Edition available.

Follow GG through the first six years of his odyssey from making the decision to retire in Costa Rica, then overcoming the trials and tribulations of moving and obtaining residency as an expatriate, and the fun and experience of actually living in Ticoland.

Ride along with the Golden Gringo as he experiences the rich, varied culture of Costa Rica, the incredible bio-diversity, the charming nature of the Costa Rican people and the ease with which a sometimes clueless expat can assimilate into a small southwestern town on the Pacific Coast.

Chapters Cover: Decision Time, Preparing for the Exodus Driving to Costa Rica Plan B Costa Rica or Bust Settling In The First Weeks Housing - Getting It Right Pura Vida and Puros - Or So He Thought Visa Renewal Time Tormentas and Teremotos Language Challenges Beaches, Lifeguards and Backhoes Using Buses and Taxies Pursuing Official Residency Food as Culture Exploring Costa Rica and Beyond The Chronicles Come of Age Getting to Know Quepos/Manuel Antonio Getting Residency History of Costa Rica Legends of Costa Rica Costa Rica Wildlife Weather and Tremors, Costa Rican Health Care System Costa Rican Agriculture Costa Rican Culture Am I Tico Yet? Amazon link is: GGC, the Book.

The same narrative version of the Golden Gringo Chronicles novel is now also available as a trilogy of E-books in formats compatible with virtually all electronic platforms.

Part 1 is FREE! Parts 2 & 3 are $3.99 each. Click on part number below, right to review or to order.

Whether you are already a Costa Rican resident, someone contemplating a move to Ticoland or just a traveler who enjoys different cultures, you will find the Golden Gringo Chronicles interesting, entertaining and informative about Costa Rica.

Mariposa - A Love Story of Costa Rica

Five hundred years before the Spanish found the American continent, about the end of the first millennium, Native Americans lived and prospered in Central America, including the land now known as Costa Rica. Truly a natural wonderland then and now, the natives were able to employ their farming skills and prosper from the rich soils, the forests filled with game, herbs, and spices, and the lakes and two oceans rich with fish and crustaceans.

The Mariposa story as written incorporates the classic ending of Costa Rica's Legend of Zurqui, one that reflects the beauty, mystery and spirituality that is Costa Rica. Você pode PREVIEW the Book on Amazon.com at: Mariposa Preview (This is Chapter 1 in its entirety):

Mariposa, or butterfly, is a story about two young Native Americans, a girl and a boy, each a favored child of a chief, but of different tribes. These two tribes, historically hostile to each other, lived a few days march apart in the mountains north and east of what is now known as Costa Rica’s central valley.

The two natives meet by accident, fall in love and begin to plan a life together only to be frustrated by events beyond their control. The lovers are eventually drawn to a mountain volcano which is thought by many to be the home of the gods, particularly Sib'ö, the Great Spirit, who they believe had created the world. Mariposa is also available in Spanish:

Bolsillo - 131 paginas - $9.95
Pulse para Ordenar

¡Este libro es disponible tambien en Español!

Quinientos años antes de que los españoles encontraran el continente Americano, cerca del final del primer milenio, nativos americanos vivieron y prosperaron en Centroamérica, incluyendo la tierra ahora conocida como Costa Rica. Al ser en verdad una maravilla natural entonces y ahora, los nativos fueron capaces de emplear sus habilidades agrícolas y prosperar gracias a su fértil suelo, al bosque lleno de presas, hierbas y especias, a los lagos y a dos océanos ricos en peces y crustáceos.

Mariposa es una historia sobre dos jóvenes nativos americanos, los dos hijos privilegiados de un jefe, pero de diferentes tribus. Estas dos tribus, históricamente hostiles entre ellas, vivían a unos pocos días de marcha de distancia en las montañas del norte y del este del valle central de Costa Rica.

Los dos nativos se conocen por accidente, se enamoran y comienzan a planear su vida juntos, que se frustra únicamente por eventos más allá de su control. Los amantes son arrastrados a un volcán el cual muchos creen que es el hogar de los dioses, particularmente de Sib&rsquoö, el Gran Espíritu, que creen que fue quien creó el mundo.

Como estas historias son leyendas, involucran una buena cantidad de mito, lo que deja tanto al escritor como al lector la libertad de especular diferentes desenlaces. La historia como está escrita incorpora el final clásico de la legenda de Zurqui, que refleja la belleza, misterio y espiritualidad de Costa Rica.

Entreprenewal! Business Management Guide

Paperback - 96 Pages - $13.95
Press to Order

This book was authored by someone with forty years business experience who had his own practice helping small and medium sized businesses as a management consultant for more than fifteen of those years. During this period he operated as principal consultant for some 110 businesses. These included what the government defines as &ldquosmall&rdquo businesses, meaning less than 500 employees and also includes &ldquomicro&rdquo businesses, that is to say, those firms employing less than 20 persons.


One of the things the consultant noticed in his practice was that, as businesses grow, they tend to have similar problems not necessarily related to the type of product or service they offered. These fall into the areas of strategic planning, human relations, profit and expense controls and disciplined sales/marketing programs and strategies. There was enough similarity in problems from company to company and enough repetitiveness in their solution to compel the consultant the write a book outlining the problems and solutions.

Entreprenewal was written to provide small business owners and key managers a simple understanding of the tools widely used in larger, successful businesses in order to improve their management abilities. The suggestions and operating procedures in "The Six-Step Recovery Program for Small Business" are basic management concepts found in major business schools which have been simplified to better fit smaller businesses. These operating procedures and techniques are tried and tested systems that have been installed in businesses of all sizes for management consulting fees of several hundred dollars per hour and many thousands of dollars total cost. They work.

Section II: Books From Other Authors (QMA and CR
Writers Groups): Real LIfe-Changing Stories

S.O.B.E.R. - How the Acronyms of Alcoholics Anonymous Got One Drunk Sober - by Ian Asotte.

This is a tale of a life changing event and experience written by Ian M. Asotte (a pseudonym). The characters are all real but all the names have been changed to protect the innocent and the guilty.

Paperback - 185 Pages - $12.85
Press to Order

S.O.B.E.R. is a bird&rsquos eye view of how Alcoholics Anonymous works from the perspective of a long time, sober member. S.O.B.E.R. tells the story of William R. Schumacher - III (real character - fictitious name), a middle class professional who reluctantly enters the world of AA after falling out of his neighbor&rsquos house one night in a drunken stupor. In a search for ways to help him moderate and manage his drinking so he could once again enjoy a &ldquoperfect two martini lunch&rdquo, he finds instead the shocking reality that his behavior is a disease which demands total abstinence.

Along the road to recovery our hero earns the nickname &ldquoBillybob&rdquo and encounters a number of colorful characters whose backgrounds run the gamut &ldquofrom Yale to Jail.&rdquo Initially, Billybob is put off by the persistent use of dozens of acronyms often heard in AA meeting rooms. Eventually, Billybob understands how the acronyms and sayings of Alcoholics Anonymous help the afflicted and overwrought brains of recovering alcoholics absorb the meaning of important principles that enhance recovery.

S.O.B.E.R. takes you into the rooms and the program of Alcoholics Anonymous as if you were a member. You will observe and relate to the pain, joy, suffering, confusion, elation, anger, resentment and, above all, the spiritual mystery that is AA. To the recovering alcoholic, S.O.B.E.R. re-affirms the success of the Alcoholics Anonymous program where &ldquorarely have we seen a person fail who has thoroughly followed our path.&rdquo

To the person struggling with the possibility of being alcoholic, S.O.B.E.R. may provide a non-threatening basis for self-identification and an impetus to investigate the program as a means to overcome their disease. To the non-alcoholic, S.O.B.E.R. is an irreverently humorous yet inspirational look into a parallel dimension in modern behavior known as Alcoholics Anonymous.

To Eternal Happiness - by Abelardo Garcia, Jr.

Paperback - 187 Pages - $15.95
Press to Order

This is a true and tragic but loving story of a family that found itself facing terminal cancer in their youngest child, Alan. The boy contracted a particularly aggressive form of the disease in children, neuroblastoma, at the age of five.

The story recounts the bravery of the boy, his strong love for each and every moment he had with his family and the profound effect he had on his parents and older brother. The story as experienced was written by the father. The older brother, Abel, who long ago had became Alan's hero and mentor also became the editor of his memoir. The whole family participated in chronicling the events of the story.

Along the brief journey he had in this world, little Alan became a great fan of comedian Robin Williams and his biggest wish was to meet Williams personally. During that period the family spent part of their time living in Monterrey, Mexico and the rest in California. When they learned that Williams lived in San Francisco, they went out of their way to show up one time in San Francisco to meet the famous entertainer, which they did through the efforts of the Make-a-Wish Foundation.

From that point forward Williams and little Alan became friends for life which, unfortuantely, was to be way too short for both of them. The book recounts a series of "coincidental" events that occurred before and after Alan's passing on August 10, 2002. The earlier coincidences involved surprise at how easy became the opportunities to make young Alan's life happy and loving despite the difficulties of treatment and constant testing. A second great coincidence occurred when Williams died exactly 12 years later on August 10, 2014. (Note: the date on Williams death certificate is August 11, 2014, but that was when he was found and pronounced dead it's highly likely he died the previous day)

GG found the reading of this book compelling. Just one caution to the reader have a big box of kleenex at your side when you read it.

A Woman Awakens: Life, After Life - by Jan Hart

Paperback - 302 Pages - $13.45
Press to Order

This book was written by a very talented and accomplished watercolor artist who lives in the southern mountainous quadrant of Costa Rica.

Living in northern New Mexico, Jan Hart had contracted a spinal infection after having a history of disc problems and surgeries. On recovery from the latest episode she had a vision of, and from, an entity named Rafael who gave her a message: "You are to be conscious." Not sure as to what this meant, she is moved, because of her training and education in art, as much by the colors in the vision as by the words.

Not long after her vision, she made a move to Costa Rica having discovered the colorful biodiveristy of Ticoland. The book recounts all of the considerations, problems, uneasiness and wonder that typically arise with the exodus from the mother country and the arrival of an expatriate in the adopted one. After assuming residency, she meets another expatriate, Frank, who had moved here earlier. They become friends, then lovers and are married soon after, becoming true soul mates in the process.

Tragedy ensues with Frank's untimely death from a heart attack. Broken hearted but thankful of the time she had with Frank, Jan sits down at the computer one day to write a book of her experience. Instead she receives a message from Frank asking how things are going. At first understandably apprehensive, she comes to accept Frank's continuing presence in her life which continues to this day.

For those that believe there is a world beyond the obvious, the visual and the tactile you will find this book touching. For those that can't bring themselves to believe there is another dimension, a parrallel or spiritual one, this book might just bring you a new idea of what consciousness can mean.

Crazy Jungle Love: Murder/Suicide Mystery of the Century - by Carol Vaughn

Crazy Jungle Love is the true story of an American couple who arrived in Costa Rica in 1998, leaving behind their lives in the United States -- forever. John Bender was a multi-millionaire hedge fund manager, and Ann Bender was his beautiful and exotic wife. The Benders both suffered from bipolar disorder, and perhaps other mental illness challenges. They settled in one of the most remote and wild areas of the country, an area famous for dangerous animals and unfriendly neighbors. Their dream was to create the area&rsquos first nature reserve, and to live out their lives peacefully, discovering new flora and fauna on their 5,000-acre estate, while creating an animal conservation program for the Southern Zone.

That dream began to unravel after the first three years, as the Benders both descended into the agonies of mental illness, exacerbated by neighbors they had alienated, and financial problems which they had not foreseen. Then their Costa Rican lawyer allegedly stole one hundred million dollars from the trust they had created for the reserve, and a former business partner of John&rsquos sent goons to Costa Rica to attempt to collect on a debt of ninety million dollars he claimed John owed him.


John&rsquos life ended tragically in 2008, by a single bullet wound to the back of his head, with only John and Ann present in their master bedroom on the night of his death. Ann was accused of John&rsquos murder, and was tried three times for intentional homicide. During these three trials, Ann fell in love with Greg Fischer, an American fitness trainer and fellow nature lover. Greg died under mysterious circumstances in his own bedroom, while Ann was in Preventive Detention for John&rsquos murder. Ann had lost the nature reserve, $20 million of her jewelry collection, and her house and household effects while in detention. It was assumed that their lawyer had absconded with the Bender fortune, and moved to Nicaragua to build his own Shangri-La, complete with Arabian horses and fantasy mansions. Costa Rica confiscated Ann&rsquos passport, leaving her few options for escape.

Crazy Jungle Love describes an operatic love affair set against the background of the jungles of one of Central America&rsquos most beautiful countries. The plot is replete with shady characters, questionably honest police and judicial officials, antiquated forensic techniques, profound mental illness, strange behavior by lawyers and friends, native legends and folk tales, and a tragic heroine who seems to have lost everything of any value in her life. Ann Bender has survived, but at a terrible cost to her wellbeing. The story is told in intimate detail by the reporter from The Costa Rica Star who covered Ann&rsquos case for four years, documenting each twist and turn from a bird&rsquos eye view in a Costa Rican town very near the Bender estate. The question still remains to this day, Who killed John Bender?

The Real Guide to San José - by Michael Miller

Now there is a new guide book that focuses on Downtown San José, Costa Rica: The Real San José, Michael Miller's Guide to Downtown San José, Costa Rica .

The Real San José was written to introduce new arrivals to Costa Rica's capital. It will tell visitors what they need to know to get their feet on the ground and to start enjoying this exciting city.

Many visitors arrive in San José with a head full of preconceived notions, not all of them good. But Mr. Miller believes that the more you know about San José, the more you will see the tremendous variety of attractions it has to offer.

In addition to being the nation's capital and its largest city, San José has a rich history and is a thriving center for culture, the arts and entertainment. It is the home to live theater, the national symphony orchestra, and scores of art galleries. It has world-class museums, cathedrals, universities, fine public buildings and beautiful vintage homes.

Here's what you can expect from The Real San José:

* Familiarizes you with the layout of Downtown San José, and makes it easier to find your way around

* Introduces you to hidden gems of restaurants

* Tells you about the &ldquodon't-miss&rdquo attractions within walking distance of your hotel

* Informs you of the cultural, historical and religious sites that are an essential part of Downtown San José.

And if you decide to stay a while, it will guide you to basic services such as grocery shopping, laundry service, locating a good English-speaking pharmacist, changing money and much more.

The Real San José has 25 photographs and a helpful fold-out map of Downtown. It is quickly becoming an essential tool for the visitor to get out, to walk around and to start having fun in this wonderful city.

Available in hard copy from Amazon as well as Kindle and at selected stores in San José.

Books About Retiring in Costa Rica - by Helen Dunn Frame

1. HELEN DUNN FRAME'S LATEST OFFERING ABOUT REAL EXPERIENCES IN CHOOSING TO LIVE THE EXPAT EXPERIENCE IN COSTA RICA

Expat Tales shares individual and family experiences about living in Costa Rica. It expands the information found in the third edition of Retiring in Costa Rica or Doctors, Dogs and Pura Vida, a book designed to jumpstart due diligence when someone investigates living abroad.


Each chapter represents different viewpoints depending on when the writer moved to Costa Rica. For example, one reflects life in the country in the 1980s when the country was a very different place. Another person has experienced changes that occurred in the last 50 years.


Some chapters were originally written by those expats that wanted to tell their stories in their own way. Other chapters are based on questionnaires and interviews. A reader will learn a lot about the culture and the mindset of Costa Ricans.

2. BETWEEN THE COVERS OF THE THIRD EDITION OF RETIRING IN COSTA RICA OR DOCTORS, DOGS AND PURA VIDA

To retire fulltime, part time, or not at all, that is the question. As you approach what could be the last quarter, or even third of your life, it&rsquos a major decision to make. You want your adventure to succeed in order that your golden years will be happy, healthy, and content.


This book offers a great first step for starting your due diligence, beginning with the first Chapter, Retirement 101. It encourages you to look beyond your financial plans and to consider what you will do with your wonderful free hours. If Costa Rica is on your list of possible locations, you&rsquoll learn about its ever changing environment. You&rsquoll undoubtedly discover if retiring to this emerging nation is, or is not, for you. If your choice is retiring to a different foreign country, the book will still help you to recognize what you might face when adapting to a different culture.


In it, you will find references to other books, links to websites, and much needed phone numbers that will enable you to carry your due diligence to the next level. And, you may contact the author through her website to download a free Moving Guide and workbook, useful for any move.

KUDOS: If you are contemplating permanent retirement, investing, or even birding in the forest reserves in Costa Rica, then you must read this book. An in-depth, comprehensive guide by U.S. expat Helen Dunn Frame, it provides a systematic method for the entire process of making your tropical retirement dream easily come true. Rowdy Rhodes, Freelance Writer

British Sleuth, American Optimist and a Clash of Minds

British sleuth Sherlock Holmes can solve any mystery from even a small clue.

American traveler Pollyanna Whittier can only see the good side of every situation. The only thing they have in common is their friendship with Dr. John Watson.

When Pollyanna shows up in London with a mystery for Holmes to solve, she decides to teach the detective the Glad Game: a way of remaining optimistic no matter what. A dangerous - and hilarious - clash of minds, where these two characters of classic literature need to learn how to work together in order to catch a dangerous criminal.

Casa de Doloros

Casa de Doloros, an eBook just released by Mary Martin Mason, reflects her admiration for Costa Rica, its people and for the many like her who choose to retire and reinvent themselves in a foreign land.


Casa de Doloros is set in a fictitious town in Costa Rica. A cast of expat characters live in a cluster of run-down apartments called Casa de Doloros. The voluptuous Doloros has had myriad husbands of various nationalities, all of whom have added to the construction and upkeep of her modest empire. Her current love is a Venezuelan who she has followed into the revolution in his homeland. She leaves her business in the hands of some of the occupants, but while she's away, another coup percolates at home to take control of her beloved Casa de Doloros.


Here&rsquos what local readers are saying:


This clever and entertaining read will take you to an imaginary town in Central America that you suspect exists outside the mind of the author. A tour of fantasy, reality with a pinch of snark. Totally enjoyable! - Jodie Cook

Interested in taking a trip to magical Costa Rica without a passport? Ever thought about or dreamed of moving to Costa Rica? Here's your chance to read a deftly witty, very irreverent, and delightfully fun tale about the strange sorts of folks who move to this colorful land. Casa de Doloros by Mary Mason poignantly captures the immigration craze of international ex-pats like herself to the very popular Central American nation of Costa Rica. Add in a splash of Venezuelan revolution and a dash of magical realism and you have a story that will captivate you from cover to cover. – Shannon Farley

Murder for Reel

In the late 1950s, the Palladium Movie Theater was the most popular place in Emberview, Colorado. In her first night working as an usherette at the Palladium, young Katrina Stevens is excited to be starting her dream job. During the screening of a science-fiction film, her boss and owner of the theater, Don Keller, is found murdered in the projection booth.

Don&rsquos murder causes an uproar and soon the Palladium is facing closure. To support the theater, Katrina organizes a film festival to show old movies from reels that Don kept in storage. However, Don&rsquos murderer has other plans, and unless Katrina can find out who the killer is, the Palladium––and Katrina herself––are in great danger.

Tribune Man

More than a novel. A portrait of a city!

An adventure set before, during and after

the catastrophic Oakland Hills Fire of 1991

Jeff Brubeck, a promising marketing executive, is suddenly fired from his corporate position. He quickly goes from a suit-and-tie, nine-to-five job, finding himself delivering newspapers after midnight in some of Oakland's riskiest neighborhoods, where the nights are alive with all kinds of activity, legal and illegal.

Known on the streets as &ldquoTribune Man,&rdquo Jeff deals with the people who make up Oakland's diverse nocturnal population. He faces drugs and gangs panhandlers and petty theives and is nearly killed by coke dealers in a fabulous old movie palace.

In October of 1991, Oakland, California, one of the most beautiful, diverse and fascinating cities in the country suffers a major disaster: The Oakland Hills Fire, the worst urban wildfire in American history. Tribune Man the novel features an unforgettable cast of seemingly ordinary people who meet life head-on and deal with extraordinary circumstances.

Jeff and his friends witness the panic of homeowners running for their lives, exploding trees, a wild car-chase through the fire, death and heroism . . . . and more than 3,000 homes destroyed in an afternoon.

Tribune Man is a tale set in this unique American city, weaving its way through the real-life events of the 1991 Oakland Hills Fire.


Assista o vídeo: How to identify a vertebra anatomy (Outubro 2022).